AROMATERAPIA EM ANIMAIS: OS ÓLEOS ESSENCIAIS PARA PETS 2

AROMATERAPIA EM ANIMAIS: OS ÓLEOS ESSENCIAIS PARA PETS

AROMATERAPIA EM ANIMAIS: OS ÓLEOS ESSENCIAIS PARA PETS

Você sabia que a Aromaterapia e a aplicação dos óleos essenciais tem atuado com sucesso em parceria com o segmento veterinário? Ou seja, a Aromaterapia em animais é uma realidade que apresenta resultados bem-sucedidos em cachorros, gatos e demais PETS.

 

O poder da natureza com o uso veterinário dos óleos essenciais por meio da Aromaterapia pode atuar em diversas situações, contribuindo com o bem-estar animal.

 

No entanto, é importante tomar alguns cuidados em relação ao uso dos produtos aromáticos nos animais, desde a escolha dos óleos essenciais, até mesmo em relação ao modo de aplicação da Aromaterapia.

 

Afinal, os bichinhos são mais sensíveis que os humanos, então todo cuidado é sempre de bom tom.

 

Vamos conhecer um pouco mais de perto o assunto e descobrir a extensa gama de possibilidades onde nossos amados bichinhos podem usufruir dos benefícios dos óleos essenciais?

 

Então te convido a me acompanhar na sequência desse artigo, feito especialmente para você, que é pai ou mãe de um filho ou filha de 4 patas, ou que simplesmente ama animais!

Neste post, vamos abordar os seguintes tópicos:

  • Aromaterapia em animais: bichos de estimação também tem problemas de fundo emocional;
  • Aromaterapia em animais: principais benefícios e precauções;
  • Aromaterapia para animais: exemplos e indicações;
  • Aromaterapia em animais: dica de livro.

Confira tudo a seguir!

[title text=”Aromaterapia para Pets” margin_top=”15px”]

[ux_products col_spacing=”collapse” slider_bullets=”true” auto_slide=”6000″ cat=”3840″ products=”16″ orderby=”sales” out_of_stock=”exclude”]

Aromaterapia em animais: bichos de estimação também tem problemas de fundo emocional

Dizem que animais como os cães, por exemplo, se espelham em seus donos, especialmente em relação ao comportamento. Sem contar que em muitos casos, até fisicamente. Duvida? Então, só pra descontrairmos, se liga nesses memes que comparam cachorros com pessoas famosas:

 

Bom, voltando, a similaridade dos PETS com seus donos e com os seres humanos em geral, se confirma também em relação ao estado emocional e as variações de humor.

 

Afinal, temos animais diagnosticados com quadros de estresse, depressão, entre outras problemáticas de fundo emocional. Estudos já mostram que a Aromaterapia em cães, por exemplo, apresenta resultados satisfatórios, especialmente em relação ao controle de temperamento¹.

 

Aromaterapia em animais: principais benefícios e precauções

Porém, cabe aqui um alerta sobre o uso de óleos essenciais em animais, mais especificamente em cães: o olfato dos cachorros é muito mais apurado que o nosso. Sendo assim, a adoção da Aromaterapia em animais como o cachorro não deve seguir a mesma intensidade daquela executada nas pessoas.

 

Também é preciso que a terapia seja realizada com a supervisão de um profissional do segmento.

 

Isso pelo fato de que o bichinho requer cuidados especiais e isso implica em cuidados que só um profissional pode levar em conta de forma assertiva.

 

O uso dos óleos essenciais pela via oral, próximo da boca, óleos ou órgão genital, deve ser erradicada, uma vez que confere perigo ao bichinho.

Além dos cães, é sempre importante estender o cuidado aos demais animais, como os gatos, pássaros, cavalos etc.

Mas os benefícios do uso correto da Aromaterapia em animais são enormes, como por exemplo:

  • Lidar com coceiras provocadas por pulgas;
  • Reduz ansiedade e estresse do animal;
  • Repele insetos;
  • Melhora o pelo;
  • Atenua dores, entre outros.

Aromaterapia para animais: exemplos e indicações

Há algumas ocasiões recorrentes onde podemos identificar o comportamento do animal e assim, investir em determinados óleos essenciais por meio da prática da Aromaterapia. Por exemplo:

Você percebe certo cansaço e desânimo em seu pet. Ele nem se anima a brincar. Uma opção é apostar em óleos essenciais que tem como característica, potencializar a energia vital. É o caso do alecrim, cipreste, manjericão ou até mesmo hortelã;

Outra situação: seu cão passa muito tempo sozinho e começa, em decorrência deste fato, a demonstrar falta de apetite e estado depressivo. Uma opção para tratá-lo por meio da Aromaterapia, seria a utilização de óleos essenciais de limão siciliano, tangerina ou ainda mandarina;

Outra situação corriqueira onde os óleos essenciais podem contribuir muito: você tem um animal super hiperativo, daqueles que não param um segundo. Sabe o que pode auxiliar pra baixar um pouco a adrenalina dele? Óleo essencial de lavanda. Ela tem propriedades capazes de acalmar a ferinha.

Aromaterapia em animais: dica de livro

Uma ótima recomendação literária que aborda o tema é o livro Óleos Essenciais Para Animais, de Nayana Morag.

Conforme descreve a editora: “o livro traz uma abordagem holística simples e efetiva de como utilizar a aromaterapia para o bem-estar e saúde dos animais.”

Ele traz informações ricas sobre como é possível encontrar o óleo essencial correto para qualquer problema apresentado pelo animal. Também oferece mais dicas sobre o assunto, com perfis detalhados de 53 óleos essenciais, 20 hidrossóis e 12 óleos carreadores.

 

Viu só como a Aromaterapia pode ser extremante eficaz no tratamento de animais? Retomaremos em breve o tema, mas antes queremos saber: o que você acha de usar esse tratamento alternativo para cuidar do seu bichinho? Conte para nós!

 

¹Fonte: Canal do Pet – iG @ https://canaldopet.ig.com.br/cuidados/2018-05-17/aromaterapia-em-caes.html

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisa de Ajuda? Clique Aqui!
Rolar para cima