Quais são as contra indicações e efeitos colaterais dos óleos essenciais?

A Toxicologia é a área de estudo que se preocupa em determinar os efeitos deletérios de substâncias externas em organismos vivos.

A toxicidade pode se manifestar localmente ou sistemicamente de diversas maneiras. Ela pode gerar processos reversíveis ou irreversíveis, o que pode gerar risco às células e à sua capacidade de regeneração.

De acordo com Paracelso (1493-1531), todas as substâncias são potencialmente tóxicas, e sua toxicidade depende da dosagem administrada.

Porém, cientistas hoje em dia classificam a intoxicação seguindo os seguintes critérios:

  • a dose e a concentração aplicada;
  • a rota de administração;
  • o modo de administração;
  • a bioavaliabilidade;
  • o mecanismo de toxicidade.

O número de efeitos colaterais por consequência da aplicação de óleos essenciais em seres humanos depende:

  • do grau de toxicidade do óleo essencial;
  • do número de pessoas exposta a ele;
  • do grau de exposição (concentração do óleo essencial e tempo de exposição).

Os óleos essenciais mais utilizados na aromaterapia são a Lavanda e o Tea Tree. No entanto, existem mais casos de efeitos colaterais com o uso de Tea Tree do que com Lavanda, por isso podemos inferir que o óleo de Tea Tree possui uma toxicidade maior.

O método mais aceito para determinar a toxicidade letal de uma substância é o LD50, que é a quantidade de substância necessária para matar 50% dos animais testados.

Esse número é calculado de acordo com o peso corporal, e é expresso em miligramas por quilo (mg/kg).

Calculando o LD50 de diversas substâncias, inclusive de óleos essenciais, foi possível perceber que os níveis de toxicidade são bem baixos.

Ainda assim, envenenamentos por ingestão acidental de grandes quantidades de óleo essencial acontecem frequentemente, seguido por queixas de alergias na pele.

Primeiros socorros

Aqui estão algumas instruções de primeiros socorros em casos de efeitos colaterais:

Ingestão

  • Não induza o vômito (as substâncias ingeridas podem danificar as mucosas, e também há um risco da passagem de óleo essencial para os pulmões durante o vômito).
  • Se a pessoa está consciente e não apresenta convulsão, enxágue a boca com água em abundância e vá imediatamente para o pronto atendimento mais próximo.
  • Se a pessoa está convulsionando e inconsciente, não dê nada a ela pela boca. Assegure-se que ela está respirando e leve-a imediatamente para um hospital.

Inalação

  • Leve a pessoa para tomar ar fresco e respirar profundamente.
  • Se a pessoa não estiver conseguindo respirar, faça respiração boca a boca.
  • Caso seja necessário, dirija-se para o pronto atendimento mais próximo.

Contato com os olhos

  • Lave os olhos com água corrente por, pelo menos, 15 minutos. Se estiver usando lentes, lave os olhos com a lente nos primeiros 5 minutos, retire a lente e continue lavando com água corrente.
  • Evite ficar com os olhos fechados e ajude a abri-los com os dedos.
  • Se a irritação persistir, procure um médico.

Contato com a pele

  • Retire qualquer roupa contaminada.
  • Lave a pele, gentilmente, com água e sabão por pelo menos 10 minutos.
  • Exponha a pele ao ar ou ao ventilador, mas não ao sol diretamente, para acelerar a evaporação do óleo essencial.
  • Aplique um pouco de óleo vegetal em um pano de algodão e remova o óleo essencial remanescente.
  • Se a inflamação persistir, o uso de um anti-inflamatório pode ser aconselhado por um médico.
  • Procure orientação médica se a irritação persistir.

Crianças podem usar óleo essencial?

No geral, não é aconselhável que crianças abaixo dos 6 anos usem óleos essenciais.

Por isso, os pais devem ficar alertas e deixarem os frascos sempre em locais altos e de difícil acesso!

Lembre-se sempre de consultar um especialista ou seguir as instruções do fabricante ao utilizar óleos essenciais. Compartilhe nossas dicas, elas podem ajudar alguém!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisa de Ajuda? Clique Aqui!
Rolar para cima