Kit Dores - 3 Óleos Essênciais Phytoterápica

R$78.00 Em até 12x de R$6.50 sem juros

R$70.20 no boleto

Disponibilidade: Em estoque

Calcule o prazo e valor do frete deste produto

REF kitdoresphyto Categorias ,

Confira as composições do kit:

 

Óleo Essencial Alecrim

O Alecrim é uma das mais antigas e renomadas ervas medicinais. Os antigos costumavam usar ramos de alecrim para espantar maus espíritos e para queimar como incenso. Na frança, era tradicionalmente usado para queimar como fumigador em quartos com pacientes. Usavam-no para dar sabor a cerveja e vinhos, era posto em roupas para espantar traças, e até como decoração natalina. Costumeiramente encontrado em jardins de ervas, era usado como condimento. Em medicina, empregavam-no para fortalecer a memória e nervos, e para aquecer o coração. A água de Alecrim foi usada como lavagem facial embelezadora. Foi um dos principais ingredientes da água húngara, que recebeu seu nome por causa da Rainha Elizabeth da Hungria, que usava como loção de rejuvenescimento, lavando seu rosto com ela todos os dias. Tem ainda a reputação de ter sido usada como remédio para a gota e membros paralisados. O Alecrim é um dos ingredientes da água de Colônia clássica, que costuma aliviar a dor de cabeça quando esfregada nas têmporas. No século VI, Carlos Magno decretou que o Alecrim deveria ser plantado em todos os jardins do império. O nome do Alecrim em inglês, Rosemary, vem do latim rosmarinus, que significa “orvalho do mar”, pois gosta de água. Sua semelhança com a cânfora é notável. Mistura-se bem com outras essências frescas, como bergamota, manjericão e hortelã-pimenta, e dá um óleo de banho revigorante e refrescante. Na virada do século XVIII, o óleo de Alecrim era um preparado oficial. É um óleo muito penetrante e estimulante: pica como o manjericão, apenas um pouco menos, e não queima como mostarda ou pimenta.Tem efeito semelhante sobre a mente e os nervos, e também tem sido usado tradicionalmente na perda de memória, vertigem e entorpecimento em geral. O óleo de Alecrim é um excelente estimulante dos nervos, e pode ser usado em todo distúrbio em que haja redução ou perda da função nervosa. O alecrim é um valioso estimulante em caso de lassidão, fraqueza ou apatia generalizadas, normalizando a pressão baixa. Exerce também ação pronunciada sobre o cérebro, tal como o manjericão; limpa a mente de confusão e dúvida, e é um remédio clássico para desmaios, dor de cabeça e enxaqueca. É um excelente tônico cardíaco, com ação levemente estimulante, sendo bom para distúrbios cardíacos de origem nervosa, tal como palpitações. Também é bom para muitas doenças do fígado, inclusive clorose, hepatite e cirrose, e como colagogo, pode ser usado em colecistite, cálculos biliares e icterícia causada por hepatite ou por bloqueio nos tratos biliares. O óleo de Alecrim ajuda a normalizar o alto índice de colesterol no sangue. Sendo por isso útil contra a arteriosclerose. A ação antisséptica do Alecrim é especialmente recomendada para infecções intestinais e diarreia. Exerce ação estimulante, antiespasmódica, carminativa e estomacal. Pode ser usado em colite, dispepsia atônica, flatulência e dores de estômago. Como antiespasmódico, o alecrim pode ser usado em casos de asma e bronquite crônica; como antisséptico, seu óleo morno é útil contra resfriados, gripe e tosse a estes associada. Aplicado externamente, o óleo de Alecrim é muito bom para dores reumáticas ou musculares, podendo ser usado como remédio geral contra a gota e o reumatismo. É bom contra piolhos e escabiose, dando um excelente remédio para ferimentos. O uso de óleo de Alecrim em problemas do escalpo é tradicional. Estimula e limpa, sendo muito bom contra queda de cabelos ou caspa. Nos cuidados da pele, o alecrim pode ser usado como tônico-adstringente, especialmente na forma de água aromática. Precauções Não deve ser ingerido por pessoas epiléticas, diabéticos, gestantes e crianças. Evite o uso do óleo concomitante ao tratamento homeopático, porque o óleo contêm cânfora. Evite usar o óleo puro sobre a pele, pois pode causar hiperemia, eritema e dermatite em pessoas hipersensíveis.

 

Óleo Essencial Eucalipto

A árvore de Eucalipto é uma das mais altas árvores do mundo. Foi o Barão Ferdinand von Muller, um botânico e explorador alemão, que apresentou o Eucalipto, bem como suas valiosas essências, ao resto do mundo. Desde então, ele a cultivou em muitas áreas subtropicais, incluindo Egito, Algéria, Espanha, África do Sul, Índia e Califórnia. O Eucaliptus globulus deve ainda ser a variedade mais comum, embora agora haja cerca de cinqüenta espécies cultivadas para a produção de óleos essenciais. As ricas em eucaliptol (entre 55% e 85%) são usadas em medicina, e as outras espécies, que são quimicamente bastante diferentes, são usadas em perfumaria. O Eucalipto, ou árvore de resina azul, tem há muito sido um dos remédios caseiros favoritos da Austrália, onde os povos brancos aprenderam sobre as suas propriedades com os aborígenes. ”A planta de Eucalipto foi também muito usada contra resfriados, febres, reumatismo, picada de cobra, disenteria, alergia, nevralgia e dores e incômodos musculares”. O óleo de Eucalipto é claro, não muito usado em perfumaria, mas mantém boa reputação como inalante ou friccionado sobre o tórax. Tem um odor canforáceo diferente e um sabor surpreendente suave, ligeiramente amargo. A qualidade mais evidente do óleo de Eucalipto é sua excelente ação contra todo tipo de febre. Os aborígenes usam-no como febrífugo. O Eucalipto tem um pronunciado efeito frio sobre o corpo, trazendo, por conseguinte, uma efetiva redução da temperatura. O Eucalipto é um dos melhores óleos antissépticos, e sua utilidade em muitas das condições citadas também se relaciona com essa qualidade. Sua eficácia antisséptica deve-se em parte à formação do ozônio que tem lugar na oxidação de alguns de seus terpenos. A vaporização de uma emulsão contendo 2% de óleo de Eucalipto aniquila 70% dos estafilococos locais transportados pelo ar. Um estudo americano publicado em 1958 provou que o Eucalipto é moderadamente eficaz contra S. typhosa, P. morgani, B. brevis e M. citreus. O óleo de Eucalipto possui muitas das qualidades encontradas nos óleos extraídos do látex, principalmente o efeito sobre o catarro ou supurações purulentas, infecções geniturinárias e do trato respiratório e problemas de pele. É um excelente remédio para feridas renitentes e ulcerosas, é bom contra herpes e erupções similares da pele. É bom analgésico em nevralgias e cicatrizante em queimaduras. Como rubefaciente, pode ser aplicado externamente em dores reumáticas ou musculares; também tem um suave efeito adstringente. O Eucalipto é mais conhecido por sua ação sobre o trato respiratório: antisséptica, expectorante e levemente antiespasmódica. Mostrou-se remédio valioso na maioria dos desarranjos respiratórios, incluindo sinusite e tuberculose, e é muito bom para a maioria das infecções da garganta, especialmente quando há uma forte descarga mucosa. O Eucalipto é especialmente indicado quando há sepsia, toxemia, dor de cabeça congestiva, exaustão, incapacidade de concentração ou febre. Graças a sua eficácia nos resfriados, herpes, gripes e sarampo, o Eucalipto parece ser agente antiviral aceitável in vivo, se não in vitro. Tem um leve efeito estrogênico similar ao da erva-doce, mas menos pronunciado. Precauções Deve ser evitado por lactantes. Não deve ser ingerido.

 

Óleo Essencial Citronela

A citronela é amplamente utilizada em formulações de desodorantes, sabão e produtos sanitários, bem como cosméticos repelentes de insetos. A erva é muito usada também na cozinha chinesa. Seu aroma fresco, herbáceo e limonado é muito conhecido pela maioria das pessoas. A coloração do óleo é amarela. O Cymbopogon winterianus é conhecido como a citronela de Java. A nível terapêutico, é considerado um excelente anti-inflamatório, devido ao seu alto conteúdo de citronelal (30-35%), diferenciando-se da citronela do Ceilão (Cymbopogon nardus), em que o teor de citronelal é bem mai baixo, variando entre 5-8%. Por não ser irritante para a pele, o óleo de citronela pode ser incorporado em massagens, diluído em óleo vegetal, para o alívio de dores musculares. Precauções Não é recomendado em pessoas com problemas cardíacos e nem durante os 3 primeiros meses de gestação.

Peso 0.250 kg
Dimensões 10 × 5 × 5 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Kit Dores – 3 Óleos Essênciais Phytoterápica”
Rolar para cima