Propriedades Terapêuticas da Aromaterapia – Saúde Física e Mental

Propriedades terapêuticas da Aromaterapia – saúde física e mental

Você é daquele tipo de pessoa que está sempre em busca de comprovações científicas, sobretudo quando se refere a questões que envolvem saúde física e mental?

Pois bem, muito se fala sobre as propriedades terapêuticas da Aromaterapia. Contudo, mais do que depoimentos e comentários acerca do tema e os resultados que os óleos essenciais promovem na vida das pessoas, temos estudos neste campo.

Uma série de estudos indicam que os óleos essenciais protegem a saúde das pessoas, trazem bem-estar tanto na esfera da mente quanto do corpo.

Você sabia, por exemplo, que a Aromaterapia integra o quadro de Práticas Integrativas e Complementares (PICS), que compõem os atendimentos realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS)?

Isso corre desde o ano e 2018 aqui no Brasil, de acordo com o portal “O Regional”. (LINK)

Sendo a Aromaterapia uma prática que revela uma terapia milenar capaz de contribuir na prevenção e combate do estresse, da agitação do cotidiano, trazendo ao indivíduo melhor qualidade de vida, as propriedades terapêuticas deste tratamento complementar estão cada vez mais em voga.

Confira na sequência desse artigo, alguns dos principais benefícios promovidos pela Aromaterapia e o uso dos óleos essenciais capazes de promover a melhora e a manutenção da saúde física e mental.

Propriedades terapêuticas da Aromaterapia: versatilidade

Versáteis. Assim podemos definir as propriedades terapêuticas dos óleos essenciais por meio da terapia dos aromas.

Afinal, é possível fazer uso da Aromaterapia para beneficiar e otimizar tratamentos capilares, melhorar a pele, unhas, e celulite, por exemplo.

Mas, não é só isso. Os efeitos benéficos se estendem também no auxílio do combate à depressão, ansiedade, dores, e até mesmo como um “upgrade” no processo de emagrecimento.

Óleos essenciais: confira os benefícios

Cada tipo de óleo essencial pode ser responsável por promover diferentes funções e benefícios.

A seguir, confira alguns dos principais óleos essenciais utilizados na Aromaterapia e seus respectivos benefícios:

Sândalo: além de desintoxicar o organismo e fortalecer os tecidos, atua como um poderoso descongestionante linfático e venoso;

Lavanda: conhecido por diminuir sintomas da ansiedade, ajudar a combater a insônia e a enxaqueca, o óleo essencial de lavanda ainda tem a capacidade de trazer relaxamento e alívio da TPM.

Sem contar que ainda  minimiza quadros de confusão mental e de depressão.

Alecrim: promove o aumento de energia, diminui o cansaço, contribui com a mente e traz sensação de  frescor.

Laranja: na Aromaterapia, o óleo essencial de laranja é conhecido por ajudar na melhora do humor e por combater a ansiedade.

Hortelã: você tem lutado para diminuir aquele desejo incontrolável por chocolate? Sabia que o óleo essencial de hortelã, além de dar um breque no estresse, ajuda a reduzir a vontade de devorar aquela deliciosa barra de chocolate?

Sálvia: ajuda a melhorar a memória e a atenção.

Eucalipto: previne e trata problemas respiratórios, além de ter propriedades antissépticas.

Copaíba: ação cicatrizante e  antisséptica e cicatrizante, atua ainda como antibactericida e antiviral.

Muito embora tenhamos tantos benefícios com a Aromaterapia, é muito importante termos em mente que os óleos essenciais não devem substituir a medicina convencional.

Eles atuam em conjunto com ela, portanto, jamais deixe de consultar seu médico e também um (a) especialista em Aromaterapia.

Quer saber mais sobre Aromaterapia e óleos essenciais? Então acompanhe nossas próximas postagens no Blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima