perfumes e o cinema

A Relação Entre os Perfumes e o Cinema: Filmes que Envolvem Fragrâncias e Perfumes

A relação entre os perfumes e o cinema: filmes que envolvem fragrâncias e perfumes

Perfumes e o Cinema:

Se o perfume é tão importante para a humanidade, e faz parte do universo particular de cada um de nós, contando momentos e histórias que ficam marcadas para sempre em nossas vidas por meio de aromas, extratos e tantas fragrâncias, porque então não utilizar uma linguagem que se utiliza exatamente da possibilidade de contar incríveis histórias, como o cinema, para refletir, mencionar e colocar o perfume como protagonista?

A sétima arte já rendeu a nós, ótimas tramas, enredos e personagens, protagonistas, coadjuvantes ou apenas o título, quando o assunto é perfume. Conheça alguns filmes que de alguma forma, possuem relação com o universo dos perfumes.

Perfume – A história de um assassino (2006)

perfume_a_historia_de_um_assassino

Baseado no romance de 1985, publicado pelo escritor Patrick Suskind, “Perfume- A história de um assassino” se passa na Paris de 1738. Abandonado pela matriarca e vivendo no mercado de peixe, Jean-Baptiste Grenouille passa por momentos conturbados e de total abandono, sendo “adotado” por uma mulher exploradora de órfãos, Madame Gaillard.

Com o decorrer dos anos, Jean percebe que era portador de uma espécie de “dom”, o de distinguir os mais variados odores e aromas, mesmo em grandes distâncias. Isso o motiva a trabalhar como aprendiz de Giuseppe Baldini e a aspirar conhecer todos os segredos da arte de criar e produzir perfumes. No melhor estilo “criatura supera criador”, Jean reformula a perfumaria de Baldini, que se encontrava no ostracismo e ganha reconhecimento e fama. Sua ambição só faz aumentar, e sua meta é no mínimo, intrigante: capturar o cheiro do ser-humano.

Perfume de Mulher (1992)

filme perfume de mulher

Não teria como falar em cinema e perfumes sem citarmos o clássico “Perfume de Mulher”, de 1992. Aqui temos a história de um militar cego, o personagem Frank Slade, com interpretação impecável de Al Pacino. Ao viajar para Nova Iorque, Frank contrata uma acompanhante chamada Charlie Simms, interpretada por Chris O’Donnell.

Por ser cego, Frank tinha enorme sensibilidade de identificar as pessoas, sobretudo as mulheres, que dele se aproximavam, por meio do cheiro.

Com este enredo fica fácil deduzir o mote do título desta incrível película, não é mesmo? Além do filme em si, é legal frisarmos alguns perfumes usados nas cenas e por alguns personagens. Por exemplo, a personagem aeromoça Daphne, usava Floris Of London. Já a mulher do sobrinho de Frank era fã da Fragrância de Guerlain, que a título de curiosidade, era o perfume preferido de Charles Chaplin.

Mas a lista de perfumes não para por aqui: a fragrância usada pela professora Christine Downes é a Fleurs de Rocaille. No entanto, Charlie Simms, a moça que dança a famosa cena do tango com Al Pacino não usa um perfume, mas sim um sabonete o qual ninguém tem notícias de qual se trata.

perfume de mulher o filme

A cena em questão é esta abaixo:

Se lembra de algum filme que envolva perfumes? Já usou algum perfume ou fragrância das citadas neste artigo?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima