Tratamento de sinusite com óleos essenciais

Você já ouviu falar no tratamento de sinusite com óleos essenciais? Muitas crianças apresentam casos de sinusite crônica desde muito pequenas, e o tratamento é feito à base de antibióticos, geralmente. Outras têm rinite alérgica. São feitas baterias de exames, diversas consultas com médicos alergistas, otorrinos, mas nada melhora a situação, e as crises continuam ao longo do ano.

Se o ar está muito seco, ou muito poluído, ou a temperatura muda, os sintomas voltam. Os medicamentos para combater cada um desses sintomas somam uma lista sem fim: de sprays nasais a comprimidos.

Não só em crianças, mas em todo o mundo, as alergias estão só aumentando. E o uso abusivo de remédios só traz mais problemas para a saúde a longo prazo.

Para todos esses casos desesperadores, uma boa notícia: a aromaterapia pode auxiliar no tratamento.

Tratamento de sinusite com óleos essenciais

A aromaterapia vem para tratar os sintomas que decorrem da rinite e da sinusite, como a dor, inchaço local, perda do paladar, do olfato. Todos esses sintomas reunidos afetam a qualidade de vida de quem sofre com essas doenças.

Geralmente, as sinergias preparadas para o tratamento de sinusite são feitas a uma concentração de 2% em 30 ml de óleo de coco. Os óleos mais indicados são os de alecrim, copaíba, sândalo, orégano, eucalipto e olíbano.

O eucalipto é ideal para congestão nasal, além de ser antisséptico, antifúngico e antiviral. Dentre os óleos de eucalipto disponíveis no mercado da área medicinal, o mais indicado é o que possui o óxido 1.8 cineol, pois ele tem a capacidade de descongestionar as vias aéreas. O ideal é utilizar algumas gotas no umidificador por 30 minutos.

Outro bom óleo essencial é o de junipero berry, que serve para tirar as toxinas do corpo, é antisséptico, antitóxico e adstringente. Esse óleo essencial é feito com as frutas da árvore, que aqui no Brasil é chamada de Zimbro. Para fazer o óleo, é preciso utilizar frutas mais velhas do que dois anos. Uma boa receita com esse óleo é misturar algumas gotinhas dele com uma colher de sopa de óleo de coco e massagear a região do peito. Isso estimulará o sistema imunológico.

O alecrim ajuda a nos livrar daquele muco congestionante, além de ser digestivo, nervino e tônico.

A camomila alemãé antiinflamatória, analgésica,antialérgica e bactericida. O óleo essencial de camomila é feito com o miolo da flor. Além disso, ela não possui restrições, podendo ser usada diariamente.

A recomendação é que a sinergia seja passada na coluna vertebral, nos pés e no peito, cinco vezes por dia, por três dias. Juntamente, é interessante utilizar o óleo essencial de alecrim a 1%, três vezes ao dia, no difusor de ambientes.

Após esse período, é importante fazer uma reavaliação, para ver a necessidade ou não de se continuar o tratamento com óleos essenciais para aumentar a imunidade da criança. Outra forma de aumentar a imunidade é utilizando um colar aromático com óleo essencial de laranja doce.

Esse tratamento trará uma melhora rápida dos sintomas, tanto da rinite quanto da sinusite.

Prática: compressa aromática

Para essa prática, você precisará de um pouco de camomila desidratada (que pode ser moída no pilão previamente, para não machucar). Em seguida, misture um pouco de água morna. Coloque a mistura em um paninho, não muito grosso. Para completar, coloque uma ou duas gotinhas de óleo de eucalipto. Depois, com a pessoa deitada, aplique o pano dobrado na região nasal, tomando cuidado para que a pessoa consiga respirar, mas cobrindo bem embaixo dos olhos. Ajuda a desinflamar, a tirar o inchaço, a respirar e a se acalmar.

Com essas dicas, seus dias com crises alérgicas estarão contados!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisa de Ajuda? Clique Aqui!
Rolar para cima